Início » casamento

Tag: casamento

DIY | bodas de papel

difícil cair a ficha, mas já se passou um ano que entramos nessa louca jornada de vida à dois. o coração bate frenético quando repasso na mente tudo o que já aconteceu até aqui, mas sei que vocês podem sentir um tantinho do que isso significa, pois acompanharam um pouco do nosso noivado, chá de cozinha e, claro, o dia incrível do nosso casamento.

tudo isso foi fundamental na história do blog, pois a criação dele é totalmente vinculada com a vontade que tinha de compartilhar ideias de faça você mesmo, que foi impulsionada ainda mais com esses acontecimentos e por tudo que veio depois, como a montagem da decoração da nossa casa e as ideias que executamos por aqui.

3

para comemorar, fizemos um almoço pra nós dois e, obviamente, resolvi improvisar uma decoração que tivesse a ver com o dia. não que eu ache que isso é fundamental, mas é algo que às vezes se torna uma forma de expressar meus sentimentos e ao mesmo tempo, um meio de trazer ao ambiente um clima de celebração, de dia especial, sabe?!

2

escolhi montar a decoração na cor turquesa { que gosto de um jeito meio exagerado, como já perceberam, rs}, e acabei adicionando a cor vermelha por causa de um detalhe que falarei em breve 🙂 .

como o primeiro ano de casamento é a bodas de papel, claro que papel era algo que não poderia faltar, mas pra enfatizar isso de um jeito especial escolhi usar doilies {papel rendado} e folhas de um livro velho que guardo somente pra diy, o que fez muita diferença na nossa mini-decoração.

6

A

para fazer os corações de origami, eu assisti esse tutorial aqui que ensina de um jeito super fácil. eu até mostrei um SUPER RESUMINHO de como fiz lá no Instagram, rsrs.

4

5

também aproveitei a base de tronco, que foi o centro de mesa no meu casamento, além das garrafas e da letra R em MDF que também fizeram parte da decoração.

11

montei também um varal com fotos do nosso ensaio pré-wedding junto com pedaços de papel azul e folhas de livros intercalados. pra finalizar usei mini pregadores vermelhos, que são uma fofura só, mas ainda não são o motivo de ter escolhido essa cor, calma! rsrs

9

e no almoço romântico também não podia faltar a vela, claro. pra isso, eu usei esse copinho de cachaça com textura bico de jaca que comprei numa loja de R$2,00. não ficou muito amor? 

1

e, finalmente, esse é o grande culpado de ter escolhido a cor vermelha pra fazer parte da decoração, que é o jogo americano que ganhei da Loja Quitandinha, que mostrei pra vocês nesse último post, que eu tinha que usar a qualquer custo. vocês me entendem, não é mesmo?! rsrs.

espero que tenham gostado de ver um pouquinho de mais um momento importante da nossa história . deixe o seu comentário falando o que achou e compartilhe com seus amigos que estão passando por fases semelhantes a nossa.

um cheiro e até até a próxima! :*

Efeito quadro negro na decoração da casa e eventos

O quadro negro deixou de fazer parte das salas de aulas há um bom tempo, mas invadiu as casas com seu efeito despojado e caiu na graça da decoração criativa.

A verdade é que já não é lá tanta novidade o uso desse efeito em paredes, mas o mais interessante é a possibilidade de poder ser renovado sempre já que a graça está em justamente testar infinitas possibilidades com o giz, desde frases, receitas, lembretes, até brincar com desenhos interagindo com os móveis do ambiente.

parede

Uma das minhas formas preferidas do uso do quadro negro é para eventos com decoração mais personalizados, como nos quadros e plaquinhas que eu fiz no meu chá de cozinha e que em breve vai sair tutorial aqui no blog o/, lembram?

giz-doces copyQuadro copy

Mas não termina por aí, as possibilidades pra você brincar com a tinta preta são infinitas. O bom é que não é só questão de estética, no meio do recurso sempre há uma utilidade, como identificar os temperos, expôr o menu, deixar um recadinho de amor <3…
imagens

Pra você conferir mais ideias como essas que mostrei aqui, montei um painel no Pinterest repleto de aplicações geniais com o efeito lousa. Vale a pena ver e se inspirar. Pode ser que tenha algo esquecido na gaveta só esperando por esse toque especial. Corre lá! 😉

Decoração de casamento com ideias DIY

entradaparece tudo muito fácil quando a gente pausa a história exatamente nesse momento da primeira foto. finalmente estávamos ali, sem pensar na loucura que foi preparar o nosso casamento em apenas 7 meses, sem sentir o peso do esforço e o cansaço de tantas dificuldades que passamos para estar exatamente naquele espaço de tempo. um suspiro de alívio no coração. uma alegria que anestesiava. eu, ele e tanta gente querida celebrando o melhor da vida, o melhor de nós dois.

tem como ser melhor? tem nada! rs

o cenário também estava lá pra contar um pouco da nossa história aos olhos. e o que a gente queria era um lugar que desse pra ver o céu, com luz natural, sem muita pompa, bem a gente. e muito [muito mesmo] do que estava lá foi feito pelas nossas mãos [que dividimos a tarefa com amigos e familiares], não só porque tínhamos um orçamento limitado, mas porque a gente gosta de fazer, de imaginar, criar e ser parte disso. se fosse diferente, não seria a gente, sabe. e isso pode não ser o mais importante, mas é o que faz mais sentido, você entende?garrafas penduradas  copy

visitamos muitos lugares antes de fazermos a escolha final. de início a nossa ideia era fazer em algum lugar com vista para o mar ou lagoa e aqui em João Pessoa existem opções realmente boas. visitamos muitas, nos apaixonamos por várias, podíamos pagar poucas delas, rs. e por motivos que pouco me lembro agora acabamos fechando em um dos primeiros lugares que visitamos, que não tinha nada de vista para o mar que tanto queríamos. mas uma coisa que você aprende – na marra – quando vai casar é desapegar. e a melhor parte é quando você descobre que foi o melhor que você poderia ter feito, seja para o bem das relações, seja para ser surpreendido com esses ~milagres~ que acontecem na vida.

o nosso casamento aconteceu no La Tertúlia, um desses salões que é bonito por si só, que você nem precisa esbanjar na decoração para ter um resultado legal. perfeito, <3. fechamos a decoração com eles mesmos e levamos as nossas ideias que de tão simples deram muito trabalho, já que o local não costumava realizar casamentos do nosso estilo. tivemos que colocar a mão na massa para as coisas realmente fluírem como a gente queria, mas fui preparada para encontrar uma decoração super clássica e cheia de frufrus nada a ver comigo. engano meu. ufa!corredor 2

às 17h, com o sol quase dando tchau, começou a cerimônia no jardim do salão. de um lado, caixotes, paletes e muitos potinhos de vidros que foram frutos de uma verdadeira força tarefa entre amigos, familiares e visita à feiras da cidade. de outro, flores brancas miúdas [áster e gipso] que trouxeram o contraste perfeito na brincadeira entre o rústico e romântico. puro amor!escada 2

um outro elemento importante da decoração foi a gambiarra que fizemos que atravessava o jardim [exigência primordial do casal]. e para o altar pensamos em uma estrutura simples decorada com tule e com molduras penduradas.

altar

como o casamento foi marcado às 16h, sabíamos que apesar dos nossos esforços era melhor ficar preparados para possíveis atrasos [o que de fato aconteceu ], então garantimos que tivessem lenços de papel e leques de madeira para que os convidados ficassem bem à vontade. e para todo mundo já entrar no clima, fizemos também um impresso com a nossa história toda ilustrada pela dessamore <3 . todas essas coisas ficavam nas cadeiras e todos podiam levar como lembrança.LEQUES 2 cópiaLIVRINHOS HQ

a parte interna do salão também seguiu todo o esquema rústico romântico com toques de azul turquesa e bastante detalhes artesanais.

ambiente 1

ambiente 4

AMORessa foi uma ideia genial do noivo: conseguimos uma janela antiga, pintamos de branco e colocamos as  fotos do nosso ensaio  em formato de polaroide. um dos meus cantinhos preferidos do casamento.

janelapara compor a mesa, o sogro conseguiu um tronco que mandamos cortar e transformamos em centro de mesa, onde foram colocadas as garrafinhas de vidro e as velas. já os anéis dos guardanapos foram feitos da mesmas juta e renda que também decoramos as garrafas e potes de vidro da decoração.

Centro de mesa

para a área do bolo escolhemos usar luminárias japonesas, que têm sido bastante usadas nesse estilo de casamento mais personalizado. fica a dica super em conta e que dá um efeito super lindo ao ambiente.

as peças que compoem a mesa do bolo também foram por nossa conta. as letras são feitas de mdf que decoramos com doilies de papel e vernizamos. para o topo, encomendamos os bonequinhos em biscuit e trouxemos um elemento super importante da decoração: a árvore, que também apareceu no convite, lembrança dos padrinhos e ensaio pré-wedding.

ambiente bolo   bolotopo bolo

aqui, mais alguns detalhes que precisam ser mencionados: a caixinha das alianças, que eu não tinha conseguido decorar e que mandei os materiais pra sogra um dia antes do casamento e ela conseguiu deixar perfeitas. :~~)

caixinha alianças

essas foram as lembrancinhas oficiais: caderninhos todo feito a mão [sim, é amor]. foram 120 unidades e muitos calos nas mãos . também fiz 2 caderninhos maiores para escrevermos os votos [sim, muito, muito amor]. aprenda a fazer o seu clicando aqui.

CADERNINHOS -

caderninhos 2 copy

CADERNO VOTOSpara embalar os bem casados, usamos sacolinhas de kraft, doilies de papel e sisal, que vocês já viram em muitas partes da decoração. demos o toque final carimbando com o nosso ‘brasão’.

bem casados

ambiente 6

trajes

acredito que os trajes também fazem parte de toda conversa visual do casamento. eles falam muito sobre os noivos [nada melhor pra representar o noivo que xadrez ^^] e sobre todo o estilo do evento. as mademoiselles [nossas irmãs] foram de vestido curto bege com dourado e sapato turquesa, assim como eu.  os padrinhos também entraram na brincadeira e toparam a nossa loucura de ir na cor que escolhemos [ain, além de incríveis, vocês ficaram muito gatos!].
_RNS8258 copysapatomademoiselles copy PADRINHOS - traje PADRINHOSS

é isso, gente. organizar um casamento não é coisa fácil [muito menos barata hoje em dia]. mas de uma coisa eu sei [e isso vai soar clichê, mas você aguenta, rsrs] toda dificuldade é amenizada quando temos com quem contar. planeje, se esforce, saiba dividir os desafios com as pessoas e para o que sobrar: treine o desapego. esse último é o mais difícil, mas essencial. e no grande dia será exclusivamente ele que você vai precisar exercitar. e, vai por mim, será ele que te dará leveza para sorrir, dançar a noite toda e – mais que tudo – ter um coração grato.

então, fica aqui um pouco de tudo que aconteceu, primeiro para agradecer a quem topou botar a mão na massa junto com a gente – nossos pais, irmãos, padrinhos e [fadas] madrinhas – , segundo para inspirar quem está vivendo essa fase tão gostosa de preparação do casamento. vale a pena cada esforço. e espero um dia você voltar aqui pra me afirmar o mesmo.

_RNS8429 copy

Local: La Tertúlia

Decoração: La Tertúlia e noivos [mais uma cambada de gente]

Foto: Renata Carneiro [a edição das fotos não são as oficiais]

Bolo: Cristiana Ruffo

Noivinhos de biscuit: Stella Brito

 

Veja também o post sobre o meu noivado e chá de cozinha com muitas outras ideias de DIY. 😉